Neste blog compartilho páginas de minha vida. Exponho minhas experiências, aprendizados, interesses, preferências, críticas, opiniões e também o meu dia-a-dia.
Ainda postarei a minha penosa aventura em busca do corpo perdido. Sigam-me os bons!!

quarta-feira, 7 de setembro de 2011

Caixinha de música

 QUEM NUNCA TEVE, SONHOU UM DIA EM TER UMA.




As primeiras caixas de músicas - instrumentos musicais automáticos ou com movimento próprio - que se conhecem, datam do final do século XVI e são raríssimas. Foram criadas pelo relojoeiro suíço Antoine Favre. Eram encontradas em castelos ou nas residências de nobres e burgueses, a grande massa pouca chance tinha de possuí-las.


No final do século VII  as caixas de música passaram a ser fabricadas por grandes firmas suíças como Thorens e Reuges, depois por fábricas de diversos países e mais recentemente pelos japoneses, que popularizaram bastante as caixas de música. Mas as caixas antigas, pela sua beleza artística, durabilidade e perfeição do trabalho manual, permanecem valorizadas e bastante procuradas por colecionadores de todo o mundo.


Das 3 caixinhas musicais com porta-jóias que tive a oportunidade de ganhar, uma foi inesquecível, pela doçura da música, da qual mais tarde vim a saber mais sobre seu autor, um músico consagrado chamado Burt Bacharah. Sua música se transformava numa melodia suave, um universo de magia que fazia aquela bailarina deslizar em rodopios em frente ao espelho. Hoje em dia não vejo mais esse encantamento, talvez nem exista mais esse balé, nem essas caixinhas, mas lembro bem que ali eu sempre podia dar mais corda, sem parar.

 

Nariz colado na vitrina
Olhos fixos na bailarina
Que rodeia, rodeia, sem parar
Ao som de música sem par.

Ela, sonhadora menina,
Espera que um dia ganhará
De um amor que aparecerá
Linda caixinha de platina.

(Mardilê Friedrich)


 

"RAINDROPS KEEP FALLING ON MY HEAD" - (PINGOS DE CHUVA CONTINUAM CAINDO NA MINHA CABEÇA) - Burt Bacharah

 

5 comentários:

  1. Bom dia, Cynthia.
    Quando criança eu adorava ver a bailarininha rodando no espelhinho da caixinha de música da minha tia. Imaginava várias histórias de vida daquela personagem tão simpática.
    kkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
    Hoje, Cecília tem uma caixinha quase igual à primeira que você colocou aqui, a única diferença é que a dela tem uma gavetinha também. Já é motivo de briga entre as crias: Miss Desdentada também quer a bailarina.kkkkkkkkkkkkkk
    Beijocas!

    ResponderExcluir
  2. Olá Cynthia:

    Precisava de retirar para um trabalho a sua caixa de música...

    Acontece que pode ter direitos de autor e então não me atrevo.

    Depois descobri seu Blog. Assim envio-lhe o meu e.mail, para que se me autorizar, eu possa "copiar" a sua caixa de música, para o meu trabalho.
    e.mail: soupinto1@gmail.com

    Obrigada e boa sorte para a vida.

    Elisa - Portugal

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Cara Elisa, também partilho seu amor.
      Veja neste endereço:
      http://www.portodemagia.com/
      JEReis

      Excluir
  3. Maria Teresa Viana7 de março de 2012 11:55

    Cynthia, adorei seu blog.
    A primeira caixinha de música que ganhei era um piano,linda! fiquei encantada, tocava a música O Amor é Azul, acabei dando ela de presente para uma menina que ficou encantada com ela, (meu primeiro namorado), a segunda era aquela que parece uma carrugaem e toca a musica Champagne, linda...linda...quando me sinto triste abro a caixinha e fico feliz com a musica e com a bailarina dançando...dançando....é a minha terapia quem me deu ( um homem maravihoso com coração de menino)....bjs da Teresa Viana - Brasil

    ResponderExcluir
  4. Bom dia! Ganhei uma caixinha de música ela é bem antiga, tem algum site que eu poderia descobrir de que ano ela é, quando foi produzida ou algo assim ?
    Obrigada!!

    ResponderExcluir